Mapa mostra Terra até 750 milhões de anos atrás

Ian Webster, paleontólogo da Califórnia, criou um mapa interativo que permite visualizar como localidades do mundo mudaram ao longo de 750 milhões de anos. A criação, que pode ser acessada por meio do site oficial, apresenta uma série de ferramentas que também facilitam maneiras de descobrir sobre a Terra, como onde viveram os primeiros répteis ou quando a primeira flor nasceu.

“Isso mostra que nosso ambiente é dinâmico e pode mudar. A história da Terra é mais longa do que podemos imaginar, e o arranjo atual de placas tectônicas e continentes é um acidente do tempo. Será muito diferente no futuro”, disse Webster à CNN.

A criação do paleontólogo usa como base outro mapa, que mostra modelos geológicos, criado pelo geólogo Christopher Scotese. Os modelos originais criados pelo estudioso descrevem o movimento das placas tectônicas nos últimos 750 milhões de anos. A partir dessas observações, Webster guiou seu projeto.

O site permite que os usuários insiram sua localização e, em seguida, encontrem esses locais como eram. O resultado é que os internautas podem ver onde suas localidades estavam localizadas há centenas de milhões de anos. Por exemplo, é possível ver onde Nova York estava na época da Pangeia.

“Meu software ‘geocodifica’ a localização do usuário e usa modelos (de Scotese) para executar sua localidade retroativamente no tempo. Eu mesmo construí a visualização do globo interativo e a integração entre as plataformas para que pessoas possam encontrar suas localizações”, descreve Webster.

Pesquisando um local no mapa, um globo 3D indica onde a área estava localizada há milhões de anos. Além disso, ele é capaz de mostrar quais espécies de dinossauros viviam na região do local procurado.
A criação é ilustrada com dados científicos complexos e completos, oferecendo maneiras interativas e fáceis para que professores ou qualquer pessoa interessada em história possa aprender.

“O objetivo é despertar o fascínio e, com sorte, o respeito por cientistas que trabalham todos os dias para entender melhor nosso mundo e seu passado. Ele também contém surpresas divertidas, por exemplo, como os Estados Unidos costumavam ser divididos por um mar raso”, finaliza.

Fonte olhar digital
Via: CNN

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Colunistas

Informativo Cultural

Agenda

Devido a Lei de Quarentena da COVID-19, estaremos postando a agenda cultural de SC de 2020 após restabelecimento do controle da doença.

Facebook

Intervalo Cultural