Final da “Liga de Robôs UCEFF” premia equipes vencedoras

Os próprios estudantes tiveram de montar e programar os dispositivos eletrônicos

A disputa foi acirrada entre as seis equipes que competiram na Liga de Robôs da UCEFF Chapecó. Realizada nesse sábado (07) pelos cursos de Engenharia Elétrica e Engenharia Mecânica, a atividade reuniu acadêmicos e alunos da Escola de Educação Básica Bom Pastor. A comunidade acadêmica ficou atenta Às manobras e tentativas de derrubar os adversários do octógono. Afinal, quem permanece na arena, passava para a próxima fase.

O coordenador de Engenharia Elétrica, professor Fabiano Faller, comenta que a Liga surgiu com o objetivo de testar os conhecimentos dos estudantes sobre robótica e programação. “Ao longo dos semestres, em paralelo às disciplinas teóricas, os acadêmicos tiveram de esboçar, montar e testar seus protótipos”, conta Fabiano. “Apesar de receberem suporte dos docentes, os próprios estudantes foram estimulados a encontrar soluções e criar robôs resistentes”.

Depois de inúmeros duelos e intervalos para consertar os equipamentos, os três melhores robôs foram premiados, assim como os competidores. Entre eles estava o jovem João Victor Menezes Pereira, acadêmico do 4º período de Engenharia Elétrica. Apesar de sua equipe ter ficado em terceiro lugar, o estudante gostou muito da competição.

“No começo, parceria mais fácil, mas quando começamos a montar, surgiram dificuldades”, confessa João. No entanto, a equipe conseguiu finalizar o robô e participar da competição. “Com a Liga, eu consegui ampliar meus conhecimentos sobre programação, o que ajudou a encontrar soluções para o protótipo”.

Mais fortalecimento

Conforme esclarece o professor de matemática Carlos Rutz, da escola Bom Pastor, a robótica tem crescido em Chapecó, embora ainda precise ser ampliada e fortalecida, como em outros municípios brasileiros. “Atividades como a Liga de Robôs contribuem para fomentarmos o desenvolvimento da tecnologia em Santa Catarina, criando mais equipes e despertar o interesse da comunidade”, comenta o professor, que coordena a Robotic League, equipe que recentemente participou do Torneio Juvenil de Robótica, em São Paulo.

As equipes vencedoras da Liga de Robôs receberam vários prêmios e equipamentos eletrônicos para dar continuidade ao desenvolvimento dos robôs. No primeiro lugar do pódio ficou a equipe “Robotic League”, que recebeu medalhas de ouros, dois kits Arduino Uno e mochilas. A equipe “BeatleBotics” garantiu o segundo lugar da competição e ganhou medalhas de prata e kits de cadernos e copos personalizados. O terceiro lugar ficou com a equipe “OsPiá”, que também receberam kits de cadernos e copos, além das medalhas de bronze. As demais equipes foram “Thor” e “DeltaForge”, da UCEFF, e “Robotic League Juniors”, do Bom Pastor.

Ainda estiveram presentes na final da Liga de Robôs alunos da EBM Olímpio Corrêa Figueiró, acompanhados pelo professor Alan Fábio Favareto, e da EPC Cyro Sosnosky, que vieram com o professor Paulo César Martins. O evento também contou a participação de Elizandra De Re, articuladora de Matemática da Secretaria de Educação (SEDUC).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Colunistas

Informativo Cultural

Agenda

a exposição “O que VEM antes da nuVEM” faz um passeio no tempo mostrando suportes, mídias e players que fizeram história no registro de vídeos, fotografias e músicas até o momento atual, com o advento da digitalização dos arquivos. Serão expostas cerca de 50 peças que revelam como era feito o armazenamento e como eram os meios de reprodução antes do surgimento das chamadas “nuvens”. A abertura da exposição será na quinta-feira, 19, às 19h. A visitação segue até o dia 29 de fevereiro de 2020, com entrada gratuita, de terça a domingo das 10h às 21h. O agendamento é gratuito e contempla grupos de até 30 pessoas, que poderão apreciar a exposição em cartaz. O e-mail de contato é agendamentomis@fcc.sc.gov.br. Para os meses de janeiro e fevereiro estão programadas atividades paralenas, como oficinas e bate-papos.
Exposição “Narrativas (dis)corridas” // A exposição segue na Galeria Municipal de Arte Dalme Marie Grando Rauen, Praça Coronel, até o dia 01 de março de 2020. O horário de visita da exposição é terça à sexta-feira das 09 às 12 horas e das 13 às 16 horas. Sábados, domingos e feriados o horário é das 14 às 17 horas. É possível agendar visitas guiadas através do telefone (49) 3321-8509 ou pelo e-mail artesvisuais@chapeco.sc.gov.br.

Facebook

Intervalo Cultural