Proponentes têm até 8 de março para retirar projetos não contemplados no Prêmio Catarinense de Cinema

Proponentes têm até 8 de março para retirar projetos não contemplados no Prêmio Catarinense de Cinema 2018

Os proponentes que não foram classificados na edição de 2018 do Prêmio Catarinense de Cinema têm até o dia 8 de março de 2019 para retirar seus projetos junto ao Museu da Imagem e do Som de Santa Catarina (MIS/SC), localizado no Centro Integrado de Cultura (CIC). Interessados devem se dirigir à administração do Museu de segunda a sexta-feira, entre 13h30 e 19h. Após esta data, os projetos não retirados serão descartados pela Fundação Catarinense de Cultura (FCC), promotora do Prêmio, conforme previsto no edital.

Nesta edição, foram inscritos 257 projetos para concorrer aos R$ 8,4 milhões destinados aos premiados, o maior valor desde a criação do Prêmio. Do total dos recursos, R$ 3,5 milhões são do Governo do Estado e R$ 4,9 milhões do Fundo Setorial do Audiovisual da Agência Nacional de Cinema (Ancine). Foram contemplados 23 projetos.

Desde 2001, quando o prêmio foi instituído por lei, foram realizadas 11 edições do Prêmio Catarinense de Cinema, incluindo a atual. Os investimentos totais, desde a primeira edição, chegam a aproximadamente R$ 29 milhões, contemplando 203 projetos divididos em diversas categorias ao longo da história do Prêmio.

fonte – Ascom FCC

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Colunistas

Informativo Cultural

Agenda

AGENDA MENSAL DO 14 BIS CHAPECÓ // 04ABR Quinta-Acadêmica // 05ABR ESPECIAL BRUNO & MARRONE por EMERSON & DANIEL // 12ABR Baile Da Preferida com Guz Zanotto + Evandrinho
AGENDA SEMANAL DO PAGODE SOCIAL // Abril 2019: 04.04 São Gabriel do Sul-RS // 05.04 Capone // 06.04 Paiol Fraiburgo-SC // 11.04 759 / 12.04 Evento Corporativo no Tabajara Eventos // 12.04 Capone // 13.04 Feijoada do Kinho Chapecó-SC // 14.04 Aniversário Chapecó // 18.04 IN SOHO Passo Fundo-RS // 26.04 Live Chapecó // 27.04 14 BIS Chapecó

Facebook

Intervalo Cultural