Obras do Centro de Inovação Tecnológico de Chapecó estão 65% concluídas

Uma obra que irá transformar e modernizar o setor econômico do município, impulsionando novas tecnologias e conhecimentos, está em estágio avançado. A edificação do prédio administrativo do Centro de Inovação Tecnológico de Chapecó, denominado Parque Científico e Tecnológico Chapecó@, está com 65% das obras concluídas. Neste momento, os serviços estão na fase de acabamentos da parte interna do prédio, como pisos, parte elétrica, cabeamento e forros.

O Centro está localizado na região da Grande Efapi, em uma área doada pela Prefeitura com 9.580m2, ao lado da Unochapecó. O prédio administrativo terá 3.100m2 e foi orçado, inicialmente, em R$ 7.249.417,41, recursos oriundos do Governo do Estado de Santa Catarina. Segundo o Secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Marcio Ernani Sander, dentre os principais objetivos do projeto estão “o aprofundamento na área da pesquisa científica e tecnológica e a disseminação da cultura do empreendedorismo na região, além da geração de novos negócios pautados pelo Município”.

A obra iniciou em 2014 e o Município precisou rescindir o contrato inicial com a empresa vencedora do processo licitatório por descumprimento de prazos. Um novo edital foi lançado e a Construtora Foscarini Eirele foi homologada para concluir a obra. Nesta nova fase, R$ 3.816.063,64 serão investidos, oriundos do Fundo Pró-Emprego (Governo do Estado de Santa Catarina). O prazo é de 180 dias para conclusão.

O Prefeito de Chapecó, Luciano Buligon destacou o empenho das lideranças público-privadas para a concretização deste projeto. “Esta obra representa uma conquista singular para a economia de Chapecó. O segmento de Ciência, Tecnologia e Inovação é uma aposta do Município para o segundo Centenário, por isso Chapecó viabiliza permanentemente ações para expandir e proporcionar incremento às empresas. O setor cresce 30% ao ano na região Oeste, mais do que a média de Santa Catarina. Estamos impulsionando o surgimento de novas matrizes econômicas, através de ações desenvolvidas entre a Prefeitura, as empresas que investem e qualificam a mão-de-obra e as Universidades, que geram pesquisas e novos conhecimentos”, explicou o Prefeito.

O investimento do Estado foi descentralizado, com o compromisso do Município e da Universidade viabilizarem a obra. São parceiros do projeto a Unochapecó, Fundação Universitária de Desenvolvimento do Oeste (Fundeste), Prefeitura de Chapecó, Acic, Inova@SC e o Governo do Estado de Santa Catarina, por meio da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Colunistas

Informativo Cultural

Agenda

AGENDA PAGODE SOCIAL // Fevereiro 2019: 21.02 759BAR – 22.02 636BAR Joaçaba – 23.02 Amazon Chapecó – 24.02 Barzin – 28.02 Carna 759BAR – 28.02 Carna Barzin // Março 2019: 01.03 Barzin – 02.03 Termas Machadinho Machadinho/RS – 02.03 Passo Fundo/RS – 03.03 Carna Barzin Chapecó – 03.03 Águas de Chapecó – 04.03 Carna Joaçaba/SC

Facebook

Intervalo Cultural

Parceiros