Mercoagro 2020 adotará rigoroso protocolo de segurança

A Associação Comercial e Industrial de Chapecó (ACIC) comunicou hoje que estão em pleno andamento todas as ações para a realização da Feira Internacional de Negócios, Processamento e Industrialização da Carne (MERCOAGRO), que foi recentemente transferida de setembro para novembro deste ano em razão da pandemia do novo coronavírus.

A 13ª edição da MERCOAGRO, maior exposição-feira do setor na América Latina, está agora programada para o período de 17 a 20 de novembro de 2020, de terça a sexta-feira, no Parque de Exposições Tancredo de Almeida Neves, na cidade de Chapecó (SC).

O gerente do projeto MERCOAGRO e coordenador geral Nadir José Cervelin assinala que – independentemente do estágio em que estará o cenário epidêmico em novembro – será adotado um rigoroso protocolo de segurança sob fiscalização do Serviço de Vigilância Sanitária para garantir a proteção de todos os públicos envolvidos: expositores, visitantes, equipe de apoio, fornecedores, patrocinadores e imprensa especializada.

O fundamental, observa o gestor, é assegurar a saúde das pessoas. Para isso, serão implementados todos os cuidados com os visitantes, incluindo medição de temperatura, uso de máscaras e disponibilização de álcool em gel. Procedimentos-padrão serão observados no transporte, na higienização interna e externa dos ambientes e no uso das toilettes.

A Feira dispensará especial atenção no ingresso dos visitantes, agilizando o credenciamento prévio e in loco, e disciplinará a circulação dentro dos pavilhões e o acesso aos estandes dos expositores no sentido da obediência às normas de distanciamento social.

Cervelin observa que as pessoas que participam da MERCOAGRO trabalham direta ou indiretamente com as indústrias da carne e, portanto, estão habituadas com as normas e procedimentos de limpeza, higiene e segurança sanitária. “Essa situação facilita a coordenação e o controle da dinâmica da exposição-feira em benefício da saúde coletiva”, acrescenta.

As previsões iniciais para o desempenho da feira devem se manter, confia a Comissão Central Organizadora. Está mantido o conjunto de expositores (231 estandes e mais de 400 marcas) e o público visitante, formado basicamente por compradores, deve situar-se entre 15 mil e 20 mil pessoas. É provável que muitas visitas presenciais sejam transformadas em contatos virtuais, contribuindo para o fechamento de negócios.

A projeção de transações que a feira oportunizará (negócios fechados durante a feira, negócios agendados e negócios fechados nos meses seguintes) continua na casa de US$ 200 milhões de dólares. Esse otimismo é realista e se lastreia no fato das indústrias da proteína animal viverem, apesar da pandemia, uma fase de plena produção e excelente nível de vendas para o mercado externo.

O presidente da ACIC, Nelson Eiji Akimoto, comemora que a realização da MERCOAGRO em novembro marcará a volta à normalidade e movimentará a economia regional com a criação de 3 mil empregos temporários e a injeção direta de recursos na economia local/regional de R$ 15 milhões de reais.

PARCEIROS INSTITUCIONAIS:

A feira é promovida e organizada pela Associação Comercial e Industrial de Chapecó (ACIC), com patrocínio da Aurora Alimentos, Unimed Chapecó, BRDE e Sicredi, parceria da Prefeitura de Chapecó e apoio do Nucleovet, Abrafrigo, Facisc, Unoesc, Embrapa, Sincravesc, Asgav/Ovos RS, Chapecó e Região Convention & Visitors Bureau, ABPA, Sihrbasc, Fiesc, Senai, Sesi, Unochapecó, Sebrae, Safetrading e Sicoob. A comercialização é da Enterprise Feiras e Eventos. Mídia oficial: revistas Agro & Negócios, Frigonews e Mais Carne.

O credenciamento para a feira é gratuito e está disponível pelo site oficial: www.mercoagro.com.br.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Colunistas

Informativo Cultural

Agenda

Devido a Lei de Quarentena da COVID-19, estaremos postando a agenda cultural de SC de 2020 após restabelecimento do controle da doença.

Facebook

Intervalo Cultural

Parceiros