Jogos em 9 de maio, testes nos atletas e portões fechados

Jogos em 9 de maio, testes nos atletas e portões fechados: FCF tenta a volta do Catarinense

Governo de Santa Catarina aumenta quarentena e proíbe eventos esportivos até 31 de maio, mas entidade vai tentar liberação

A Federação Catarinense de Futebol (FCF) sinalizou uma data para um possível retorno do Campeonato Catarinense: dia 9 de maio. O presidente Rubens Angelotti admitiu que a ideia ainda é inicial e vai depender de várias liberações para que seja possível. A competição foi paralisada ao término da primeira fase em função da pandemia do novo coronavírus.

Nesta semana, a entidade deve encaminhar ofício ao governo de Santa Catarina para tentar a liberação das partidas com portões fechados. No sábado, um novo decreto estendeu a quarentena no estado até o dia 31 de maior e manteve a proibição de aglomeração de público e a realização de jogos com a presença de torcedores.

– Vamos encaminhar um ofício para o governador para tentar liberar o campeonato sem público nos estádios. Dependemos do sindicato dos atletas, uma autorização deles também. Vamos encaminhar um oficio nesta semana. Esperamos que os clubes voltem aos treinos no dia 20 de abril, com uma pré-temporada até o dia 9 de maio, quando os jogos voltariam a ser realizados – disse Angelotti à rádio Som Maior.

Uma das possibilidades, caso o torneio retorne, é realizar testes nos jogadores e membros da delegação para detectar o coronavírus. Além disso, haveria limitação da entrada de profissionais envolvidos na partida como imprensa, por exemplo.

Temos que dar condições aos atletas jogarem em segurança. Vamos tentar fazer com toda a segurança, não dá para dizer que não há risco. Se conseguir testes rápidos, faríamos um dia antes do jogo. Vamos limitar o mínimo possível de pessoas trabalhando no dia. Não queremos colocar ninguém em risco. É uma situação complicada, mas se conseguirmos vamos fazer com toda a segurança.

Outro problema que a federação e clubes precisam resolver é com relação aos contratos dos jogadores. A maioria dos clubes têm atletas com vínculo somente até o fim de abril.

Boa parte dos clubes catarinenses concederam férias até dia 20 de abril ao departamento de futebol. Há a possibilidade de estender o período por mais 10 dias.

– Teriam que fazer uma prorrogação até o final de maio para terminar o campeonato. É uma série de questões que precisamos sentar e conversar. Vamos encaminhar esse ofício ao governo e semana que vem reunir os clubes em vídeo-conferencia. O prejuízo será para todos, não podemos marcar jogo sem a segurança para todos. Estamos passando por uma experiência inédita, e precisamos estudar muito o que fazer.

A competição está paralisada desde o dia 16 de março, sem a realização da fase de mata-mata. Oito clubes disputam as quartas de final: Avaí, Brusque, Marcílio Dias, Figueirense, Juventus, Criciúma, Joinville e Chapecoense. Já Concórdia e Tubarão, nono e décimo colocados, respectivamente, lutam para se manter na Série A – um deles será rebaixado.

Confira mais notícias em GloboEsporte.com/SC
Por GloboEsporte.com — Florianópolis

Foto: Patrick Floriani/FFC

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Colunistas

Informativo Cultural

Agenda

Devido a Lei de Quarentena da COVID-19, estaremos postando a agenda cultural de SC de 2020 após restabelecimento do controle da doença.

Facebook

Intervalo Cultural

Parceiros