FESPORTE IMPLANTARÁ PROGRAMA DE INICIAÇÃO ESPORTIVA DE SC

Projeto beneficiará um milhão de crianças em diversos núcleos esportivos espalhados pelo Estado no contraturno escolar

O Governo do Estado, por meio da Fesporte, começou o processo de implantação do Programa de Iniciação Desportiva (PID) de Santa Catarina. Até o final do mês o presidente da Fesporte, Kelvin Soares, estará em Brasília, na Secretaria de Esportes do Ministério da Cidadania para cadastrar oficialmente o programa e buscar recursos.

O PID pretende oferecer de forma gratuita esportes coletivos, individuais, de raquetes e de lutas para um público alvo de um milhão de crianças em diversos núcleos espalhados pelo Estado de Santa Catarina no contraturno escolar. As ações esportivas serão desenvolvidas nos espaços das instituições de ensino superior parceiras ou nas unidades de ensino estaduais que disponibilizarão bolsistas.

Além da viagem à Capital Federal, Soares começa a conversar com possíveis parceiros do projeto. É o caso da Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina (Fiesc) em que seu presidente, Mário Aguiar, se inteirou desta iniciativa da Fesporte, por meio de uma reunião virtual, na quinta-feira, 18, com Kelvin Soares.

Parceria com a Fiesc

A proposta é que as duas instituições formem parceria para a operacionalização do projeto, juntamente com Instituições de Ensino Superior (IES), e Governo de Santa Catarina, por intermédio da Fesporte e Secretaria Estadual de Educação.

Pelo acordo a Fiesc intermediaria junto às empresas afiliadas à adoção ao projeto por meio de abatimento fiscal no imposto de renda, por intermédio da Lei de Federal de Incentivo ao Esporte (Lei 11.438/06). “O recurso, via abatimento de imposto de renda, seria destinado a pagar bolsa estudantil para universitários. Ou seja, estaríamos investindo no acadêmico, bancando seu estudo e ele entregaria um serviço para a comunidade, que é a monitoria esportiva das modalidades contempladas no projeto”, esclarece Kelvin Soares.

A supervisão e coordenação do programa ficará a cargo da IES e Fesporte, respectivamente.

A Lei de Incentivo ao Esporte estabelece benefícios fiscais para pessoas físicas ou jurídicas que estimulem o desenvolvimento do esporte através do patrocínio/doação de 6 ou 1%, respectivamente, sobre o valor total do imposto para projetos desportivos e paradesportivos.

Mário Aguiar elogiou a iniciativa da Fesporte e disse que a Fiesc pretende participar do projeto. “Podemos nos engajar sim. Aqui investimos no social, por meio de abatimento no imposto de renda. Temos um setor específico aqui, que é o fundo social, que podemos ajustar para investimento no esporte”.

Nove macro regiões de SC serão atendidas

Segundo Kelvin Soares o aporte financeiro via incentivo fiscal para manter o PID está orçado na ordem de R$ 8 milhões, recurso destinado a custear bolsa de estudos para acadêmicos, material e equipamentos esportivos, além de capacitação dos envolvidos.

A abrangência do projeto estará dividida em nove macro regiões: Grande Oeste, Meio Oeste, Planalto Norte, Nordeste, Foz do Rio Itajaí, Vale do Itajaí, Grande Florianópolis, Serra Catarinense e macro região Sul.

Na reunião com a Fiesc, Kelvin revelou que a Fesporte já recebeu propostas de algumas instituições universitárias para serem responsáveis pela criação do programa de capacitação técnica dos acadêmicos bolsistas e gestores municipais envolvidos no PID.

“O PID é um grande programa. Ele está pautado em quatro pilates: desenvolvimento social, saúde, educação e no desenvolvimento econômico. Precisamos atrair investimento do setor privado para o esporte e este projeto proporciona isso. Ele deu certo em Joinville e dará certo em todo o Estado”, defende Soares.

Segundo o presidente da Fesporte o PID é a oportunidade de preencher uma lacuna do setor. “Muita gente fala da importância do esporte de base, da iniciação esportiva na escola, de atrair o setor privado para parcerias, mas pouco se faz efetivamente. E o PID faz isso. Ele é uma oportunidade de fomentar o esporte de base catarinense por meio do Governo de Santa Catarina e entidades parceiras”.

Texto: Antonio Prado

Ascom/Fesporte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Colunistas

Informativo Cultural

Agenda

Devido a Lei de Quarentena da COVID-19, estaremos postando a agenda cultural de SC de 2020 após restabelecimento do controle da doença.

Facebook

Intervalo Cultural

Parceiros