Fabricantes chinesas tiveram acesso privilegiado a dados do Facebook

Uma reportagem publicada durante o fim de semana revelou que o Facebook forneceu acesso privilegiado a dados de usuários para fabricantes de celular. Agora as coisas ficaram um pouco mais complicadas para a rede social, já que novas informações indicam que empresas chinesas como Huawei, TCL, Lenovo e Oppo faziam parte do programa, segundo o Washington Post.

O problema do envolvimento das empresas chinesas é por uma questão política: a Huawei, especialmente, é considerada uma empresa muito próxima do governo chinês, o que faz com que sua participação nos Estados Unidos seja limitada – a empresa não lança smartphones nos EUA, e agências norte-americanas de segurança não recomendam o uso de dispositivos da chinesa.

O Facebook diz que a Huawei terá o acesso aos dados interrompido até o fim da semana. A fabricante chinesa diz que usou as informações para oferecer um “smartphone social” a usuários.

Em 2008, quando o Facebook ainda estava crescendo, a rede social fechou um acordo com dezenas de fabricantes de smartphones para dar a elas pudessem customizar a integração de smartphones com o aplicativo do Facebook.

Esse acesso garantiu às fabricantes dados como nomes, atualizações de status e informação de perfil de amigos, o que, de acordo com a atual política de privacidade do Facebook, não é permitido.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Colunistas

Informativo Cultural

Agenda

Giga Golden Bar // – 22 jun Arraiá Universitário! // – 23 jun BlackOut Party!
14Bis // – 21 jun Quinta-Funk // – 22 jun – I Love Brazil | Ivo Batistello + LBOY & MK // – 23 jun Open Bar Universitário
Route 282 Chapeco / Na Arena Route a estratégia é copo cheio e seleção no ataque. Venha assistir os jogos da nossa seleção aqui!!!

Facebook

Intervalo Cultural