Centros de Formação de Condutores oferecem aulas gratuitas para quem tem medo de dirigir

Uma pesquisa realizada pela Associação Brasileira de Medicina de Tráfego (Abramet) aponta que cerca de dois milhões de pessoas no País não dirigem por medo e que a cada dez pessoas que têm medo de dirigir, pelo menos oito têm CNH. Para auxiliar esse público, o Núcleo dos Centros de Formação de Condutores (CFCs) da Associação Comercial e Industrial de Chapecó (ACIC) oferecerá aulas gratuitas entre os dias 18 e 25 de setembro.

            O coordenador do Núcleo, Sabino Antunes da Silva, explica que, em um primeiro momento, o instrutor fará uma conversa com o aluno para tentar identificar as causas do medo. Após, é feito um plano de aula conforme as informações do aluno, voltado aos objetivos dele. “Em uma aula de 50 minutos dá para ter uma base do aluno e dar as primeiras orientações. Essa primeira aula é gratuita. Depois, se o aluno tiver interesse em fazer um pacote, negociamos”, esclarece Sabino.

            As aulas terão demonstrações e práticas. De acordo com Sabino, são trabalhados métodos e técnicas. “É preciso praticar até o aluno se sentir confiável”. Além disso, o coordenador ressalta que as aulas são direcionadas para quem possui habilitação para dirigir. “No plano de aula, caso o aluno queira continuar, não há limite do número de aulas. Já tivemos o caso de uma senhora fazer 68 aulas. Hoje, ela viaja a Florianópolis sozinha, cada um tem uma aprendizagem diferente e cada caso precisa ser avaliado individualmente”, complementa.

            Algumas dicas para perder o medo de dirigir com mais facilidade são praticar em ruas e horários tranquilos, escolher uma pessoa de confiança para acompanhar, que seja experiente e calma, e aumentar o percurso gradativamente. Outras orientações são manter a tranquilidade, desenvolver pensamentos positivos, consultar um psicólogo e fazer outro curso de direção.

            Para fazer as aulas, é necessário agendar horário nas auto escolas. Participaram da ação os CFCs América (49 3323-2460), Cometa (49 3329-5350), Chapecó (49 3199-2171), Efapi (49 3328-4111) e Xavante (49 3322-0036).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Colunistas

Informativo Cultural

Agenda

a exposição “O que VEM antes da nuVEM” faz um passeio no tempo mostrando suportes, mídias e players que fizeram história no registro de vídeos, fotografias e músicas até o momento atual, com o advento da digitalização dos arquivos. Serão expostas cerca de 50 peças que revelam como era feito o armazenamento e como eram os meios de reprodução antes do surgimento das chamadas “nuvens”. A abertura da exposição será na quinta-feira, 19, às 19h. A visitação segue até o dia 29 de fevereiro de 2020, com entrada gratuita, de terça a domingo das 10h às 21h. O agendamento é gratuito e contempla grupos de até 30 pessoas, que poderão apreciar a exposição em cartaz. O e-mail de contato é agendamentomis@fcc.sc.gov.br. Para os meses de janeiro e fevereiro estão programadas atividades paralenas, como oficinas e bate-papos.
Exposição “Narrativas (dis)corridas” // A exposição segue na Galeria Municipal de Arte Dalme Marie Grando Rauen, Praça Coronel, até o dia 01 de março de 2020. O horário de visita da exposição é terça à sexta-feira das 09 às 12 horas e das 13 às 16 horas. Sábados, domingos e feriados o horário é das 14 às 17 horas. É possível agendar visitas guiadas através do telefone (49) 3321-8509 ou pelo e-mail artesvisuais@chapeco.sc.gov.br.

Facebook

Intervalo Cultural