Agenda Cultural SC

Colunistas
Eventos »
Clique e confira
Informativo
Cultural »
Clique e confira

Eventos / Casas »

14 BIS

  • 12.qui - Quinta Funk
  • 13.sex - We Love Musique
  • 19.qui - Quinta Funk
  • 20.sex - UM44K
  • 26.qui - Quinta Funk

KASA CAFE

  • *Toda sexta tem SextaNeja Acustica no Kasa Cafe de Xaxim e no domingo tem Domingo Sertanejo.
  • ------------------
  • *Domingo Sertanejo ( Xaxim) o mais bombado da regio.
  • -------------------
  • Os melhores shows nacionais e regionais se encontram no Kasa Cafe / Xanxere e Xaxim, info e reservas (49) 3353-5878

RAMA CENTRO DE EVENTOS

  • Um lugar estruturado com ampla capacidade para shows, formaturas, casamentos e aniversarios, alem de um grande estacionamento para melhor comodidade dos seus clientes.
  • Xanxere - SC

DESTROI-CAR

  • 20 maio na pista Cavalo de Aco em Xaxim
  • competicao masculina e feminina
  • show de manobras
  • informacoes 49 991451912



Conheça os projetos selecionados no Edital das Linguagens

Foram divulgados na última terça-feira, dia 20 de março, os projetos selecionados no Edital de Fomento e Circulação das Linguagens Artísticas de Chapecó. Ao todo foram analisadas 92 propostas, devidamente habilitadas após fase de credenciamento. Destes, foram contemplados 38 projetos culturais envolvendo diferentes linguagens e modalidades artísticas.
Nesta edição do concurso as inscrições foram abertas em 10 de janeiro e encerraram em 23 de fevereiro. Os projetos foram analisados por mais de vinte avaliadores, também selecionados por edital, de diferentes estados brasileiros, com conhecimento técnico para analisar e emitir parecer nas propostas.
De acordo com o Secretário de Cultura, Nemésio Carlos da Silva, a seleção dos avaliadores é um passo a mais na evolução do próprio Edital das Linguagens. “Neste ano trouxemos uma grande novidade para a análise dos editais culturais, que foi o Edital dos Avaliadores. Foram mais de 100 inscrições
vindas de todo o território nacional, especialistas em diferentes áreas, que se cadastraram e foram selecionados para fazer essa avaliação dos projetos de maneira justa com todos os proponentes, com clareza e transparência, e colocando em prática toda a sua experiência profissional”, explicou.
Os Projetos selecionados abrangem às áreas de Artes Populares, Artes Visuais, Dança, Livro-Leitura e Literatura, Música, Audiovisual, Teatro, Formação em Cultura, Eventos Artístico-Culturais, Patrimônio Cultural Material e Imaterial. Além dos premiados, mais 40 projetos foram pontuados como suplentes.
Para o Secretário, o edital é uma forma de incentivar o movimento cultural no Município. “Os artistas que têm seus projetos selecionados recebem recursos que dão condições para produzirem seus trabalhos, o que movimenta o mercado cultural, em consequência interfere no desenvolvimento econômico do município, gerando emprego e renda diretos e indiretos, trazendo no trabalho final ações gratuitas à comunidade, incentivando o conhecimento, oportunizando novas experiências, democratizando o acesso à cultura em Chapecó”, disse.
De acordo com o artista Digo Cardoso, selecionado com o Projeto “Ocupação Visual Chapecó 2018”, que tratará da criação de um mural sobre a história de Chapecó, criando uma rota turística do Grafitti no município, essa é uma ação muito importante para o mercado cultural. “Acho o edital muito importante para Chapecó. É um momento em que os profissionais tem a oportunidade de apresentar projetos e ideias que de alguma forma irão enriquecer a cultura da cidade”, disse.
Somente no Edital das Linguagens foram disponibilizados do Fundo Municipal de Cultura, cerca de R$ 550 mil. O período para recurso é de 21/03 a 27/03 na Secretaria de Cultura. Outras informações pelo telefone 49 3319 1010.

Projetos Contemplados:

Artes Visuais
“Preservação da memória: Pesquisa biográfica e artística sobre o escultor
chapecoense Enio Griebler” – Gina Zanini.
“Inventário de Arquiteturas perdidas” – Daiana Schvartz.
“Ocupação visual Chapecó 2018” – Digo Cardoso.
“A casa é um mar cheio de Portos” – Sirliane Freitas.

Audiovisual
“No quintal de Rosalina” – Taulan Cesco.
“O Desbravador” – Marlon Nascimento de Vargas.

Dança
“Montagem do espetáculo Sobre-vivências” – Alex Ercego Roden.
“Montagem do espetáculo Luzi” – Paola Zonta.

Eventos Artístico-Culturais
“Nossa maloca tem histórias: Circuito de arte e cultura rural” – Josiane Geroldi.

“RIA na rua: II Festival de Palhaçaria de Chapecó” – Fernando Perri.
“Histórias do meu samba” – Renato Gisi.

Formação em Cultura
“Moda e identidade: narrativas culturais” – Silvia Baggio.
“O Estádio Índio Condá e o entorno urbano: uma construção à população de
Chapecó para a sua Formação em Cultura Arquitetônica e urbana como
Patrimônio Histórico” – Leila Regina dos Santos.
“Texto Vivo 3.0” – Gilberto Sendtko.
“Gestão Cultural e Economia Criativa: Capacitação de agentes culturais em
Chapecó” – Camila Miotto.
“Imersão musical em ritmos da cultura popular brasileira: teoria e prática” –
Alana Solvalagem.
“Curso de Atelier de conservação e restauração de bens culturais em suporte
de papel” – Aline Lubenow.
“Cena abera Chapecó” – Acate.
“II Chapecó Cultura em versos” – Waldir Borille.

Livro, Leitura e Literatura
“Leitura mediada para crianças na biblioteca” – Aliziane Nicolao.
“Semana do livro e da biblioteca” – Unoesc.
“Elke Hering: crítica, circuito e poética” – Daiana Schvartz.
“Mais que dois – um livro, muitas percepções” – Juliana Vinhas.

Música
“Melodias milenares: história, cultura e sociedade a partir da música medieval e
folclórica” – Thiago cardoso Aguiar.

 

“Gravação de CD banda Sgrav” – Agrav.
“Quarteto Suzuki de Chapecó – Formação de um grupo de música de câmara”
– André Severo.
“Zab trio, Chapecó instrumental” – Sandro Zonta.
“Sociedade Sonora: violão instrumental” – Antônio Marcos Moreira Pinto.
“Mensagem musical nas escolas” – Jack Louis.

Patrimônio Cultural Material e Imaterial
“Memória Impressa: preservação e difusão dos jornais históricos de Chapecó”
– Ademir Salini.
“Entre Linhas e caminhos: a importância do tropeirismo no desenvolvimento de
Chapecó” – Elisandra Forneck.
“Xêyuyá Apó – Raízes” – Associação Maria Bernarda.
“Chapecó 100 anos – democratizando e valorizando a história local” –
Fundeste.

Teatro
“Narrativas do indizível” – Marília Gomes Henrique.
“Um mergulho na história dos atingidos pela construção da Usina Hidrelétrica
Foz do Chapecó” – Voeverá Cia de Teatro.
“Às margens do Rio Rosa: Itinerância de teatro em áreas periféricas de
Chapecó-SC” – Duavesso Cia de Teatro.
“A dita cuja” – Manon Alves.
“Circulação da intervenção: Uma xícara de poesia” – Daniel Henrique Sagave.

Confira o resultado completo no link https://goo.gl/JtwZ5t .